Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Menu

CPMI das Fake News discute crimes na internet

Por Jonas Valente – Repórter Agência Brasil/Imagens Agência Brasil/Marcello Casal Jr

A Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) das Fake News ouviu hoje (29) autoridades e especialistas em nova audiência para discutir o assédio e a incitação a outras práticas prejudiciais na internet, bem como formas para combatê-las. O problema é um dos objetos de avaliação da comissão, para além de medidas contra as notícias falsas e a apuração de campanhas de desinformação nas eleições de 2018.

O professor de direito e diretor da organização não governamental (ONG) SaferNet, que recebe denúncias de crimes de violações de direitos humanos na web, Tiago Tavares, ressaltou que especialistas e autoridades de diversos países discutem os problemas relacionados aos conteúdos que circulam na rede, que chamam de “desordem informacional”.

A desordem informacional é composta por notícias falsas, consideradas “desinformação”, mas também por outros tipos de mensagens voltadas a provocar dano, denominadas de “má informação”. Entre essas mensagens, estão desde a incitação à violência e a outros crimes a conteúdos que visam intimidar, humilhar ou afetar a dignidade de outras pessoas.

Matéria Completa em:agenciabrasil.ebc

Deixe seu comentário: